Muito obrigada – Show Teatro Amazonas

foto 1

elianaprintes teatro amazonas2014

MUITO OBRIGADA A:

MENEZES PRODUÇÕES
RADIO MIX FM MANAUS
FABRICA DE EVENTOS
BOUTIQUE HOTEL CASA TEATRO
MANAUSCULT
RADIO VOX FM
SECRETARIA DE ESTADO DE CULTURA
TEATRO AMAZONAS
REDE AMAZÔNICA DE TELEVISÃO

ELIEYDE MENEZES
ARMANDO MENDES
NEY AMAZONAS E FAMILIA
ROSANA SALGADO E GILSON NASCIMENTO
BETE DEZEMBRO
JOSÉ AUGUSTO CARDOSO
JUCA SEMEN
OYAMA FILHO
OBRIGADA A TODA IMPRENSA DE MANAUS
TODA EQUIPE TÉCNICA DO TEATRO AMAZONAS
AO PÚBLICO PELO CARINHO DE SEMPRE

AOS MÚSICOS:
JULINHO TEIXEIRA
ADONAY PEREIRA
FRANCISCO FALCON
E A MINHA CONVIDADA CLAUDIA TELLES.
VALEU!!

Leia Mais

Eliana Printes recebe Claudia Telles 13 de setembro no Teatro Amazonas

Show Eliana Printes
Local Teatro Amazonas
Data 13 de setembro
Hora 20H
Participação especial Claudia Telles
Classificação livre
Duração aproximada do show 120H

“Todas as vezes que volto ao Teatro Amazonas é como se fizesse uma viagem pela minha trajetória artística desde aquele momento inicial da minha carreira em minha cidade Manaus, até os dias de hoje. Muitas lembranças boas como a do meu saudoso pai que foi marceneiro do Teatro Amazonas e em seu dia de folga me levou ainda criança para conhecer o seu local de trabalho. Por isso que é sempre uma emoção indescritível cantar no Teatro Amazonas e reencontrar o público de Manaus, a quem sou muito grata por todo o apoio.
Aguardo todos vocês para esta noite de musica e muito amigos no palco do Teatro Amazonas. Bjus! ”
– Eliana Printes

Leia Mais

Beijo duplo no amigo Chico!!!

Eliana Printes Chico Cesar Adonay Pereira 2014
Eu e o Adonay reencontrando o talentoso amigo Chico César.

Aqui a letra da música que gravei com a participação dele.

Se chovesse você
(Adonay Pereira / Eliana Printes / Eliakin Rufino)

Se você fosse lua
Dormiria contigo na praia
Entraria contigo no mar
Choraria o teu minguante
Seguiria o teu crescente
Habitaria teu luar

Se você fosse sol
Eu seria girassol
Tua luz seria meu farol
Amaria teu calor
O teu fogo abrasador
Queimaria por amor

Se você fosse vento
Queria você todo momento
Pra enrolar meu cabelo
Levantar a minha blusa
Arrancar-me um suspiro
Ser o ar que eu respiro

Se você fosse chuva
Eu me deixava molhar de prazer
Dançava na rua pra ter
Minha roupa bem molhada
Minha alma encharcada
Se chovesse você

Leia Mais

Venha ser meu sol

eliana printes  cantora brasileira

Venha ser meu sol (Adonay Pereira e Eliana Printes)

Há dias que a gente não perdoa
Pequenos erros de outras pessoas
Há outros que a gente não se importa
Perdoa perdoa perdoa

O dia passa como quase tudo passa
E a gente pensa que perdeu o tempo
O tempo que a tudo fura
O medo de altura
Até o sofrimento

Mas não é só isso
Há muito sacrifício
Em vão

Prefiro acreditar que a vida é boa
E isso vale pra qualquer pessoa
Pessoa pessoa pessoa

O medo passa e até acho graça
Se você me abraça alegra o coração
Então venha agora, venha sem demora
É chegada a hora de você voltar
O amor não espera nessa primavera

Venha ser meu sol
Ser na minha vida o meu farol

Há coisas que podemos dar
Há outras que queremos ter

“Ao sol que encanta, ao sol que desafia, ao sol que se levanta
Ao sol dos nossos dias
Brindemos ao sol!
Ao sol que a tudo vê, ao sol que há todo ser
Ao sol que nos convida a andar em suas ruas coloridas
Brindemos ao sol, brindemos ao sol!
Ao sol que aquece o vento, espalha pensamento e modifica a terra
Ao sol que não descansa, ao sol que não se cansa
Ao sol que permanece aceso dentro de nós!”

Leia Mais

Muito obrigada!!

“Obrigada aos amigos queridos que participaram desta homenagem.
Valeu: Priscilla, Pamela, Gizele, Hariane, Loren, Vagner, Hander, professor Vilela, Ruthe, Kaueh, Miriam, Falcon, Felipe, Josué.

Sou muito grata a todos vocês pela amizade e por acompanharem minha carreira me incentivando com o plausos e com a presença nos shows. Muito obrigada também por dedicarem um tempo de vocês para gravar e produzir este vídeo.
Fiquei realmente emocionada e muito feliz!!!
Muito obrigada!!!
Beijos”
– Eliana

Leia Mais

Pra começar

eliana printes cantorabrasileira

Pra começar
(Kléber Abuquerque)

Pra começar
Não tenho mais quinze anos
Já conheço os desenganos
Que esta vida pode armar

Pra começar
Se já esta tudo acabado
Deixe ao menos um trocado
Pra eu poder me virar

Pra começar de novo a vida sem ternura
É necessário que se tenha um cabedal
Pois eu não posso tomar porre de água
E nem vou afogar as mágoas com wisque nacional

Pra começar
Não me trate por criança
Com esse papo de herança Ou tele-sena de São João Pra começar
Tartaruga não tem asa
E pra sair da sua casa
Quero uma indenização
Já ouviu falar em usucapião?

Mas se confesse
O que acontece
Se me esquece
Se me tem segredo
Se tirou o anel do prego
Se largou o emprego
Nega, tu tá me entendendo ou tô falando grego?
Você tirou o meu sossego…
Mas se defenda, me responda
Me arrebenta esse peito cansado Tá pensando que eu sou bobo
Tá muito enganado
Só porque tu me sustenta
Eu vou ficar calado?

Leia Mais